Follow Me

April 4, 2019

Se tivesse que escolher um biscoito para representar a minha infância, certamente escolheria as broinhas de polvilho da minha mãe. Eu era louca por elas, perdia totalmente o controle e não conseguia parar de come-las!

Muuuitos anos mais tarde, conheci esses sequil hos que me fizeram lembrar daquelas broinhas. Não, a receita não é da minha mãe, mas apareceu na minha vida por conta de uma farinha de milho que ela sempre trazia de Ilópolis (a sua terra natal). É uma farinha deliciosa, fininha e saborosa e que na casa dos meus pais e da minha vó sempre tinha um destino certo: virar polenta! Já na minha casa nunca foi bem assim... Apesar de gostar bastante, polenta não faz parte do meu repertório e raramente a preparo. Por isso, para aproveitar essa farinha maravilhosa, faço pães, bolos, e, claro, biscoitos como esses sequilhos.

Espero que vocês gostem e que eles tragam boas memórias como trazem para mim!

Ingredientes

200 g de amido de milho

100 g de fubá (quanto mais fininho melh...

April 12, 2017

Semana passada postei uma foto de piadina, ou piada como a chamam os mais tradicionalistas, e algumas pessoas me pediram a receita. Mas antes dela, vou explicar que trem é esse pra quem ainda não conhece.

É uma espécie de pão achatado típica da região da Romagna, que recebe diversos tipos de recheio como presunto (cru ou cozido), mozzarella e tomate; rúcula e queijo stracchino; verduras grelhadas entre muitos outros.

Não se sabe exatamente quando teve origem, mas acredita-se que remonta aos tempos da Roma antiga e, à época, era feita com cevada (orzo) – o primeiro cereal a ser cultivado em Roma – e depois com espelta (farro). Somente no século IV a espelta foi substituída pelo trigo.

Durante séculos foi um alimento principalmente das camadas menos favorecidas, pois era possível prepará-la com cereais menos nobres do que o trigo e recheá-las com o que se tivesse disponível.

Mais recentemente esse pão saiu das casas da Romagna e se difundiu por toda a Itália, tornando-se inclusive uma das co...

August 12, 2016

Certa vez postei na minha página pessoal do Facebook uma foto de pãezinhos de mandioquinha que fez o maior sucesso, agradando principalmente a intolerantes ao glúten e à lactose! Vale o repeteco da receita:

Ingredientes:
- 1 xícara e 1/2 de mandioquinha cozida e amassada (pode ser também batata doce ou aipim – cada um vai ter um sabor diverso mas todos são deliciosos!) 
- 2 xícara de polvilho doce (se preferir pode usar metade dessa quantidade de polvilho azedo)
- 1/3 de xícara de azeite óleo (de girassol, canola, milho ou mesmo azeite)
- 1/4 xícara de água
- 1 e 1/2 colher de chá de sal
Opcional:
- 1 colher de sopa de chia
- 1 colher de sopa de linhaça (dourada ou marrom, tanto faz) 

Modo de preparo:
Cozinhe as mandioquinhas (ou as batatas doce ou o aipim) em água até que fiquem macias (o tempo vai depender do tamanho delas. Após o cozimento retire-as da água e passe-as em água fria para não queimar as mãos ao descascar!). Depois de descascadas amasse-as com um garfo ou, se prefe...

Please reload

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon
Posts em destaque

O pão, a invertida e o tempo..

August 12, 2016

1/1
Please reload

Arquivo
Please reload

Blog

Tel: 11 98444-5979

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now