Tel: 11 98444-5979

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon

Mousse de chocolate

May 27, 2017

 

De vez em quando bate aquela vontade de uma sobremesa bem simples e despretensiosa. Daquelas clássicas de almoço de domingo, dos tempos em que chocolate era usado rigorosamente para fazer mousse - que até então era a melhor sobremesa do universo! Petit gateau, brownie e brigadeiros com chocolate (e não achocolatado) sequer existiam!

A receita é super fácil e requer poucos ingredientes. Para conseguir um efeito bem leve e aerado, basta caprichar na hora de bater os ovos e ter cuidado ao misturar a clara em neve aos demais ingredientes. Bora lá:

 

Ingredientes

200 gr de chocolate amargo ou meio amargo (gosto não se discute!) 

100 gr de manteiga sem sal

4 ovos

1/2 xíc. de café (eu o faço bem forte na cafeteira italiana - a moka -, mas pode ser expresso ou passado)

2 colheres de sopa de açúcar

1 pitada de sal

1 colher de chá de cachaça (é opcional e também pode ser substituído por conhaque)

 

Preparo

Leve o chocolate para derreter em banho maria junto com a manteiga e o café. Para o banho maria, eu costumo encaixar uma tigela de inox com os ingredientes a serem derretidos em cima de uma panela com um pouco de água fervendo em fogo baixo. Uma vez tentei com uma tigela de vidro e ela trincou - traumatizei! Quando estiver tudo derretidinho, desligue o fogo, tire a tigela de cima da panela com água e reserve.

Separe as gemas das claras e bata as primeiras com o açúcar até que adquiram uma consistência beeeem cremosa! Acho melhor usar uma batedeira, a menos que você esteja querendo exercitar bastante os seus braços ;) - nesse caso use um fouet (quando maior e com maior distância entre os "fios" melhor, pois ajuda a incorporar mais ar aos ingredientes). Adicione aos poucos a mistura de chocolate, o sal e a cachaça, e continue batendo. Quando tudo estiver bem misturado, começamos a trabalhar as claras. Nessas horas sempre lembro da minha professora de cozinha italiana Palma D'Onofrio, ela insistia muito para que começássemos a bater as claras em velocidade bem baixa e aos poucos irmos aumentando, pois só assi teríamos claras estáveis! Para um soufflé perfeito isso é fundamental, para o mousse um pouco menos, mas de qualquer forma sigo o ensinamento à risca. Por isso ou as bato as claras na planetária - que tem uma velocidade inicial mais baixa que a da batedeira comum - ou à mão mesmo. 

E agora que você tem duas tigelas, uma com chocolate e gemas e a outra com claras em neve, é hora de misturar tudo, mas não de qualquer jeito! Pegue uma colheradona de claras e misture com as gemas, pode ser com o fouet mesmo. Depois abandone o fouet e vá juntando o restante das claras e mexendo com uma espátula. Tem que ser delicadamente para não perder o ar que incorporamos às claras. Com esse cuidado garantimos aquela consistência leve e aerada. Depois é só levar à geladeira por algumas horas e servir! Na hora de servir gosto de decorar com nibs de cacau e sementinhas de cumaru raladas bem fininho. Eu sei, eu sei, na receita tradicional não tem nada disso, mas é gostoso dar o nosso toque pessoal ;)

Buon appetito! 

 

 

 

Please reload

Blog

Featured Posts

O pão, a invertida e o tempo..

August 12, 2016

1/1
Please reload

Archive
Please reload

Follow Me
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey Instagram Icon
  • Grey Pinterest Icon
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now